22 de abr de 2010

tipos de homem validade

... isso é bastante relativo, mas existem padrões comuns sim.

Vamos aos exemplos:

Homem Cogumelo

Este é um dos perigosos e bem venenosos tipos. Exóticos, causam uma reação atrativa curiosa. Tem um sabor de novidade, adaptam-se facilmente à situações diversas, vestem-se de forma diferente que de costume, muito elegantes, convenientes e ousam misturar elementos modernos. Encantam pela forma de falar difícil e confusa, nos levam a exposições em parques com piqueniques posteriores regadas a vinho e foie gras, torradas com ervas e durante algum tempo causam efeito psicotrópico.




Hiratake, Shiitake, Pleurotus, são alguns apelidos que podemos adaptar após a descoberta de que na verdade essa categoria não passa de um bando de chatos!

Homens cogumelo, vão ficando escuros com facilidade. Saem com mulheres vistosas e inteligentes para serem reconhecidos como personas de bom gosto e pasmem, tem forte tendência homossexual. Portanto, minhas caras, não se deixem impressionar caso ele logo, bem logo a leve para conhecer os pais.

Outras características da categoria: fazem tipo sedutor, mas não conta do recado. São gentis nos primeiros encontros, logo viram sapos grosseiros. São volúveis, narcisistas e mudam de comportamento assim que viram as costas ao público. Deixam-nos sentir culpadas e com a auto estima bastante caída. Já que a bondade feminina tem tendência a carregar peso das responsabilidades pelo fracasso ou sucesso dos relacionamentos.

Para encerrar a alerta contra esse tipo: tem um prazo de tão curto que não vale o sofrimento e cura que pode levar de 30 à 600 dias.

Homem Marmelada

Gruda, cerca, até conseguir dominar nossas mentes. Mesmo que venha de paletó branco, sapato bicolor, camisa vermelha a acessórios dourados, eles devoram com olhares e trejeitos. Sua lábia é incomparável. As mulheres que já se envolveram com um desses, foi enlatada e certamente gostou. Se não aconteceu, alerta: podem durar anos, este é o maior perigo.



Prepare-se para dividir este homem


Não dominam o coração para sempre,
mas se tornam inesquecíveis experiências amorosas.

Vem certos que serão aprovados, falam perto do ouvido, são contraditórios apesar de achar resposta para tudo. Adoram deixar frases de efeito no ar e virar as costas. Excelente técnica para voltarem 5 minutos depois e mudar de assunto com um drink nas mãos. Assim perdemos o poder de resposta. São verdadeiramente espertos, misteriosos, sedutores e malandros.

Eles tem uma tendência a jamais dizer até logo. Homens que não nos querem mais, também não dizem, mas percebemos com mais facilidade quando se esquivam. O homem marmelada, pode jamais dizer eu te amo, mas te fará sentir amada, desejada, sempre. Deve ter uma validade carimbada por nós. Senão com o passar do tempo o sexo acaba, ele viverá as suas custas, você chegará ao desencanto e o pensamento: 'O que eu fiz da minha vida?', será recorrente. Apesar disso, ele deveria render como laboratório, uma noite seria o suficiente, se for uma mulher forte e decidida a não ser mulher de malandro, curta mais, por que, não?!

Homem sonho

Este a gente jura que é o eterno perfeito! Mas, vamos com calma... não podemos nos precipitar (no sentido de cair no precipício). Sonhar é gostoso e necessário para almejarmos cada vez coisas melhores.

Provavelmente a sensação de ter encontrado a alma gêmea venha logo nos primeiros minutos:

-Mas eu também! Este é meu filme favorito!
-Não, isso eu duvido que ouça, ninguém conhece...
-Eu tenho o primeiro disco desse grupo!!!

o assunto acaba e o beijo é cinematográfico e nunca nenhum homem segurou a sua cintura daquela forma tão... perfeita!

Essa disputa verbal de preferências e pontuação de afinidades que se faz tem um prazo de validade mais curto que um homem cogumelo! Cuidado! A guerra dos sexos não tem validade é eterna.

Um duelo de afirmação dos gostos pode ser mais preocupante que uma antipatia e diferenças. A empolgação pode levar a uma quinzena de noites inesquecíveis e se tornar uma rotina principalmente para ele.

Um sonho que se concretiza: chegar a plena seguridade da compreensão de que a realidade pode ser tão boa quanto o próprio sonho.

Tempo de duração ideal para esta relação: toda vida. Mas o pé na bunda é clássico se fantasiarmos demais.



A dica: perceber o ponto da massa para não desandar. Nós mulheres temos mania de flor de lótus, como disse Septrox, num dos seus comentários.
Na mente machista que ainda persiste, ser a flor de lótus não é um comportamento romântico com agradável trilha sonora, é encarado como vulgar e assusta.



Os homens são tão ingênuos quanto safados. Bastam se apaixonar.
É neste momento em que o homem crê estar apaixonado que devemos ser espertas e atentas. Para que isso vire um fato.


Temos que fazer esta transfusão do sonho para realidade, sem que eles percebam.

O malabarismo é por nossa conta mesmo! Sempre!


próximo post: Quem foi Cabíria e outros significados.

9 de abr de 2010

Prazo de Validade Verbal Masculino...

...não pensem que o que o homem diz tem um prazo de validade superior a 24hrs. Não tem.

Todas as declarações de interesse e afeto, convites para cinema, festas e até viagens de feriados, devem ser lembrados por ele com alguma frequencia para que se possa arrumar uma mala ou escolher o vestido certo para o próximo compromisso. Não devemos sair correndo no dia seguinte gastar nosso salário no shopping naquele sapato lindo que vai combinar tão bem com aquela saia sexy. Sabemos bem que isso faz com que tantas peças fiquem encostadas no canto do guarda roupa para nunca mais serem cogitadas, pois remoemos a situação, além de nós lidarmos com símbolos muito mais que gostaríamos.

Uma peça de roupa mal sucedida uma vez que seja, é definitivamente um símbolo de derrota eterna.



Mesmo que seja um Gaultier, terá que ir na venda da esquina,
pois no mais,
não terá nenhuma valentia.


Nosso guarda roupa vai virando um símbolo gigante de tudo que não devemos fazer? Vamos mudar essa situação.

Principalmente nos primeiros encontros, se ele diz que você é um anjo lindo, que caiu do céu, uma flor inesperada no seu jardim desfalecido, espero que ele repita isso te ligando mais vezes. Se te convida para o cinema, deve lembrar do compromisso.

Se alguém está interessado por nós, não esquece esse tipo de convite ou comentário. Portanto, depois que o homem coloca a cabeça no travesseiro e dorme, pode acordar sem memória. Isso é triste, mas tem suas vantagens. Pois temos enfim a tradução do símbolo real da situação. Ligou e lembrou, bom, booom! Não ligou, lembrou ou deu atenção suficiente aos seus comentários, péssimo... risque da sua caderneta.

Simples assim.

O homem tem instintivamente a necessidade de conquista pelo seu terreno. Mesmo que nos tempos "modernos" a situação diga, vai gata, pode ficar, gostou, leva pra casa, não é assim na prática. Mesmo se formos francas expondo que aquele encontro é sexo pelo prazer e nada mais, ele terá seus ÀZ nas mangas soltando argumentos que te convençam que ele te quer para mais do que aquela finalidade.

Sim, não vamos nos iludir achando que ele no seu 'eu interior' irá suspirar um alívio instantâneo. Eles querem mais. Afinal, como descrito acima, o terreno '"é" dele. Somos uma posse, estamos em Poder deles.
Mesmo que ele não assuma isso sequer para o melhor amigo, ele vai sentir um pesar de te ganhar por algumas horas e te perder e irá consequentemente insistir ou falar da sua moral.

Sim novamente, eles vivem nos roteiros Hollywoodianos década de 20-30 onde as mulheres cedem aos encantos mais hora menos hora. Mesmo elas sendo alpinistas sociais, como muitos destes roteiros. Elas abandonam as fortunas, chatôs, jóias etc., pelo amor verdadeiro. Ou melhor, a cantada mais convincente, as frases de maior efeito.

O macho, este que nos atrapalha a achar o verdadeiro romance, usa de todos os argumentos durante seu processo de conquista. Ele se adianta em liberar todos os tipos de sentimento que lhe vem a cabeça* e coração. Eles se empolgam, se antecipam, se for necessário falarão Eu Te Amo no segundo drink e se você acordar ao lado dele no dia seguinte, você é capaz de ser surpreendida ouvindo um telefonema disfarçado se justificando por não ter ligado para outro "alguém".

Tudo que é sólido se dissolve no ar? Palavras se dissolvem amoras, pois são um conceito e sem prática, não existem! O que existe são atitudes e ações e se convier, palavras são um acréscimo que devemos pontuar. Quem somos? mendigas do amor? que nos contentamos com o plano imaginário toda vez que uma linda cena nos é oferecida?

Queremos usufruir, nós mulheres já sonham por natureza. Queremos algo mais real. Algo verdadeiro. A verdade, sem enfeites, no comportamento do dia-a-dia. A lua de mel eterna fica nas nossas mentes, não precisamos que o homem nos prometa o Caribe. Nós a cada entrega de uma noite de amor, já trazemos as palmeiras e a água azul do mar com seus lindos peixes exóticos e o pôr do sol incrível.

Homens, acordem! não queremos suas promessas de amor eterno, queremos ser amadas eternamente enquanto dure! E se não é possível, permita-nos optar por uma noite linda de tesão e adeus, não digam nada. Se não for o caso, se for algo a mais, não nos façam ouvir um indigesto Te Adoro a cada minuto, tragam flores, não digam Te Amo, toda vez que desligam o telefone, levem-nos para dançar, jantar...



...segurem nossas mãos, peguem-nos no colo e apresentem-nos ao Seu Mundo!


Não pensem mulheres, que vocês vão se contentar com pouco! Estamos aqui nesse intensivão para rejeitar os homens que aparentemente nos respeitam, estamos aqui para abrir as portas para quem nos gostem muito, cheguem a se apaixonar, nos admirem, nos assumam e mostrem isso deixando de acreditar que sussurrar qualquer frase bonita no ouvido nos leve a crer no que não passa até o dia seguinte.


Tudo que nos é dito, deverá ter Ordem para ter Progresso. O texto de hoje, sugere que nós façamos nosso papel, exigindo deles:

-Atitude antes;
-palavras depois.

Esta será a prova de amor contemporânea dos Homens para as Mulheres!

-Lutaremos por algo melhor.

Esta é a nossa prova de resistência e de amor real da Mulher pelo Homem!


próximo post: tipos de homem validade


8 de abr de 2010

Introdução II O Retorno

Olá saudosos todos!

Iniciei meu retorno com um texto rascunho compartilhado, mas resolvi apagar.

Ainda estava passando óleo no motor dos meus dedos para prosseguir na longa jornada dedilhando velozmente sobre os teclados tenros tentando encaixar o raciocínio da minha mente não tão criativa, porém faminta!





Freud há de explicar o parágrafo acima.



Para quem leu a tentativa experimental deletada, obrigada pela atenção, àqueles que não leram... divirtam-se com meu novo humor.

*logo não me refiro mais no singular, minha sócia, assim que eu postar o próximo texto, saberá que voltamos!


*Septrox e Henri I meus leitores de maior participação, espero que me reencontrem e voltem a comentar. Suas críticas e sugestões sempre foram bem vindas.




eles... OS EX !



Minhas lindas e meus ogros...

aqui está, com tanto atraso algum pensamento rápido sobre os ex... quero logo passar para um próximo episódio,pois esse tema, eu sei, é um roteiro um tanto difícil de lidar.

Segue:

"Todo ex tem o Pinto Pequeno"
(Mesmo que tenha igual ou mais que X centímetros!)



Quando o telefone toca depois de algum tempo de fim de namoro e no visor aparece: PP... francamente, o que te levou a atender?

Estranheza, conflito interior, tontura, dúvida, saudade? Não. Curiosidade! Acho que a maioria de nós mulheres atende por pura curiosidade, além de complementares. Após longa trajetória de experiências pessoais e extra curriculares (amigas reais, amigos virtuais) meu martelo de Juíza da sessão, condena o réu, masoquismo, culpado.

masoquismo(Masoch, antropónimo, romancista austríaco [1836-1895]

2. Por ext. Atitude de uma pessoa que retira prazer ou parece gostar do seu sofrimento ou humilhação.



No caso acima, de quem seria a humilhação?
Vejamos:
o volume típico de meia na calça;
a patética fantasia sintética de policial, instigando poder.
*observem atentos também a risada contida da figura feminina!


Parte II

O que se pode esperar de um ex que...

...levou um pé e liga:

1. Ele ainda gosta de você e espera que seu doce coração de mulher com instinto materno torne a chance de criá-lo?

2. Ele quer te dar a possibilidade de explicar de fato o que houve, mais um vez, para que sua cabeça de cima (sim, a dele mesmo) entenda o que a de baixo jamais entenderá? O abandono?

3. Sozinho, pôde perceber que não é nada fácil voltar a vida social e rever os amigos e dar-lhes justificativa da separação é mais doloroso que ajoelhar no milho e no fim da noite ainda por cima, não irão esquentar seus pés e outras partes? em último caso, nenhuma outra mulher dá um tão redondo e aceitável 'não' quanto o seu. Bem ou mal o ego dele somado a sua negação, formam um casal perfeito!


...deu um pé e liga:

1. Ele percebeu que gosta de você de verdade e quer retomar a relação e espera que possam voltar a se encontrar e que tudo volte a ser como era antes?

2. Ele quer explicar o que houve, esperando assim aliviar a dor insuperável da perda deste ser maravilhoso que ele acha que é?

3. repeteco- Sozinho, pôde perceber que não é nada fácil voltar a vida social e rever os amigos e dar-lhes justificativa da separação é mais doloroso que ajoelhar no milho e no fim da noite ainda por cima, não irão esquentar seus pés e outras partes? em último caso, nenhuma outra mulher dá um tão redondo e aceitável 'não' quanto o seu. Bem ou mal o ego dele somado a sua negação, formam um casal perfeito!

A resposta número 3 ainda é a que melhor se encaixa nas duas alternativas. Porém, analisando friamente ainda há uma palavra resposta dentro da própria resposta que é a resposta certa:

EGO: na melhor das conjunções: egotismo. (consideração ou apreço exagerado que alguém tem por si mesmo)





Sinto, mulheres, desapontar que o receptivo,
esperando que a parte outra se redima,
seja tão egocêntrica quanto de quem liga.


Quando uma estória acaba, acaba. Ou me pergunto e peço que se perguntem também, onde está a nobreza do amor que tanto esperamos que bata a porta!
Se bate a porta, vem com outro contexto.

O romantismo dá de encontro com um homem que busca de forma esforçada a nossa presença. Que esbarra numa esquina, num balcão, numa festa. A naturalidade, mesmo que provocada sutil e discretamente, não deveria passar por sinais via satélite. Seriam estes os famosos lendários Cavalheiros. Mesmo Drácula, com seu vampirismo, era cavalheiro com a sua amada.

Quantas mulheres passaram pela situação de receber um ou dois telefonemas de ex namorados e que bem os atenderam com carinho e certa devoção ou apenas respeito e fim de linha. E que posteriormente isso se repete e quando percebemos somos refém de uma ilusão e preenchemos um vazio momentâneo apenas para satisfazer ou não deixar desmoronar o ego, nosso e do outro?

O PP, minhas amigas, é isso. Covardia descarada e escarrada. Pobres almas penadas que não se desapegam e não permitem desapegar.

ABAIXO os homens que discam com seus minúsculos 'parceiros' querendo dominar nosso florido mundo insistentemente sussurrando nas entre linhas:

CONTINUE ME AMANDO!

Realmente, espero que os próximos namorados de todas nós, tenham um membro moral que eu não precise de pinça para erguer!

PRÓXIMOOOOO post... prazo de validade de um homem!